Condição humana

by Guilherme Arantes

/
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
04:54
9.
10.

about

Novo disco do cantor e compositor paulistano Guilherme Arantes, "Condição humana", que tem como subtítulo o nome "Sobre o tempo" é o primeiro disco de inéditas do artista lançado exclusivamente pela sua gravadora, a Coaxo do Sapo. Nessa nova etapa em sua carreira, Guilherme faz jus ao termo "Independente", colocando em suas composições e sonoridades, um toque singular de insatisfação com o mundo moderno e suas peculiaridades. Como o próprio artista define, "este é um disco de pegada. O som do Guilherme, com a sonoridade única da virada dos 70 para os 80, está de volta".

credits

released April 16, 2013

Todas as faixas compostas por Guilherme Arantes;
Produzido por Coaxo do Sapo - Guilherme Arantes, Gabriel Martini e Pedro Arantes;
Gravado entre janeiro e fevereiro de 2013, no estúdios Coaxo do Sapo, Barra do Jacuípe, Camaçari - Bahia - Brasil
CopyRight: Sony ATV Publishing
Projeto Gráfico: Anna Turra
Fotos: Pedro Matallo
Masterização: Carlos de Freitas (Classic Master)
Assistente nas gravações na Coaxo do Sapo e Técnico de gravação nos vocais de "Cruzeiro do Sul" - Mario Amaral
Técnico de som - Coro de "Onde estava você" - Gustavo Lenza (YB Studio);
Técnico de som - Guitarra de "Onde estava você" e Acordeon de "O que se leva" - Diego Techera (YB Studio).
Produção executiva para gravação no YB Studio - Kalil Higa e Anderson Carlos (Libertà Entretenimento).

Contato para show: Libertà Entretenimento (www.liberta-e.com)

tags

license

all rights reserved

about

Coaxo do Sapo BA, Brazil

Encravada no meio da restinga do litoral norte da Bahia, a Produtora Coaxo do Sapo tem como proposta a geração de conteúdo fonográfico e visual, com foco na imersão total nos trabalhos a serem desenvolvidos. Nosso objetivo como produtora fonográfica é ser um ponto de encontro, um local de produção, possibilitando projetos sem interferências externas, num clima de sossego e paz. ... more

contact / help

Contact Coaxo do Sapo

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Condição humana
Guilherme Arantes

Às vezes vem um calafrio em mim
Alguma reportagem
Duma terra enlouquecida assim
Perigosa mãe
Condição humana em mutação
Nos erros mais antigos
Muita vaidade e luxo em vão
Medos sempre iguais
Que nos tornam guardiões do Mal...
Seres primitivos
No poder uma pulsão fatal
E tudo por prazer...

À noite se ilumina
O Planeta Azul
Um mundo tão bonito e frágil...
Nosso tempo é ilusão
Não chegou nenhum sinal do Caos
Vida inteligente
A desafiar as leis e os céus
...por enquanto, sós...
Disputamos mil revelações
Pra encher nosso vazio
Bugigangas e superstições
De prazer e calafrio
Track Name: Onde estava você
Guilherme Arantes

Só o tempo em nós respondeu
Em que se transformou
A amizade que uma vez existiu
Quem foi leal, quem ficou
E o que se abandonou
Onde estava você
Quando mais eu precisei
Do amigo pra lutar
Em tempos de guerra e paz
Onde andava você
Quando o mundo me esqueceu
...na areia do deserto
E não te achei jamais...
Tanto trabalho que deu
Reconstruir o chão
O universo desabou num furacão
Pedra por pedra, valeu !
Aprendizado é assim..
Onde estava você...

Quando somos jovens
Tantos sonhos são pra durar
Muitos só nos álbuns
De memórias pra guardar...
Track Name: Cruzeiro do sul
Guilherme Arantes

Verão passou
Carnaval na quarta-feira acabou
Garoa na praia chorou
Ventou um frio
O Outono, o Cruzeiro do Sul
E as lembranças, tantas,
Que a festa deixou...
O amor saberá guardar
Sua luz, os seus raios de sol
O amor saberá manter
O calor
Todo o Inverno...
Vou levar pro mar
Todas flores que eu puder entregar
Aos pés da santa paixão
Que eu vi em você
O amor do ano inteiro e de muitos mais
Que eu puder te ter...
O amor saberá guardar...
Track Name: Tudo que eu só fiz por você
Guilherme Arantes

Uma canção vai lembrar que eu te amo
Morro de loucura por você
Faz querer te abraçar em tudo que eu faço...

Faz tempo que nós
Estamos cada vez mais dentro desse véu
Nuvem de luz
Sereno orvalho que caiu, envolveu,
Tudo que eu só fiz por você
Tudo que eu só tive com você...
Por ser imortal
O verdadeiro amor é o que nos trouxe a paz
A alma feliz
Simples demais pra explicar, pra entender,
Tudo que eu só fiz por você
Tudo que eu só tive com você...meu amor...

Uma canção vai lembrar que eu te amo
A paixão por você
Faz querer te abraçar em tudo que eu faço
E vou fazer por você...
Uma canção vai lembrar que eu te amo...
Track Name: Moldura do quadro roubado
Guilherme Arantes

Faz-de-conta que eu não sei
Que o mundo está na ( imunda ) mão
Da quadrilha de gravata
Que me assalta um terço todo mês
Faz-de-conta que eu pensei
Que era fácil prosperar ( crescer )
Sem vender a minha alma ao lobo
E ser cordeiro de uma vez...

E onde foi que eu li
Que era cor-de-rosa
Que era só rezar
Pra “Êle” ouvir ?

Mil promessas de eleição
A favela, então, cresceu, explodiu...
A escola não ensinou, e faliu,
E no hospital a humilhação...
Que o povo acreditou
Na voz rouca do pastor (doutor)
...e acredita em qualquer pai que venda
O seu baú da felicidade...
E onde foi que eu li...

...e na America Latina ecoou um só pranto...
Track Name: Oceano de amor
Guilherme Arantes

No mar
Flutuam estrelas
Sempre que eu lembrar
Sonho feliz com você
Que um dia
Me chega
Pra tudo abraçar
Um Oceano de amor.

Eu rodava o mundo atrás de um Sol
Atrás da Lua que voava pelo céu
E lá estava você...
Sorrindo, brilhando...
Pra tudo se explicar
Sonho feliz com você
Track Name: Olhar estrangeiro
Guilherme Arantes

Vejo as pessoas com o olhar mais estrangeiro
O olhar do estranhamento que não tem nada a perder
Vou sentar no meio-fio da rua, contra-mão da multidão
No frenesi dos carros sem sentido pra seguir
Não sou daqui
Que não tem pra onde fugir, oh yeah, baby !
Sem esconderijo pra sumir...
Relógios galopando um tempo inútil que acelera
Quanto mais nos desespera está mais longe de acertar
A engrenagem não encaixa, e a cidade é uma cilada
Tem de tudo e não tem nada em que eu pudesse me achar
Não sou daqui
Que não tem pra onde fugir, oh yeah, baby !
Sem esconderijo pra sumir...

Eu vejo um menino
Sujo, na esquina,
Ele podia ser meu filho...
Com seu olhar perdido
O mesmo que eu tinha
...e a poluição me faz chorar...
Track Name: Você em mim
Guilherme Arantes


Morrendo de vontade de te ver
Lembrando tanta coisa que ficou
E nada ocupa o seu lugar
O tempo passa e só faz aumentar
Voce em mim....
Sei
Que agora posso compreender o quanto foi
Realidade o encanto entre nós dois
E em tantas vidas que eu vivi
Meu desejo é ter você aqui
Pra sempre, enfim...
Foi você
Que me deu a luz
Que eu não enxergava mais
Em você
O mundo sorriu
Querendo viver
Fazendo esquecer
De olhar pra trás
Bem
Que o destino me podia preparar
Uma surpresa em sua vinda de uma vez,
E dessa vez vir pra ficar
Com tanto amor que eu tenho pra mostrar
Você em mim...
Track Name: Castelo do reino
Guilherme Arantes

Vendo o teu castelo
Eu sonhava os esplendores
Da corte, em teu reino
Te cantar
Os sons da natureza
O meu amor
Em prosa e verso
Teu olhar.
Eu descreveria
Em poemas e canções
A primavera e a esperança
Renascer
Do mesmo sol que brilha
Em nossos mundos
Tão distantes
Pra eu querer te amar.
Te levava a dançar
Nas luzes dos salões
E os deuses giravam...

Eu vivia em festa
Delirava por você
Existir, e ser minha...
Por respirar
O mesmo ar dos nossos mundos
Tão distantes
Track Name: O que se leva (temor ao tempo)
Guilherme Arantes

Tempo traz
O que você não esperou
Nem percebeu
Que não volta mais, viveu, passou, morreu
Tempo jaz
Misterioso num cristal
Dentro de nós
Vai regendo a orquestra,
Vida, máquina...
No fim só vai contar
A história que ninguém
Ousou se apropriar
Por mais que se morrer
O que se leva é amor
O que se leva...
Tempo traz...

Tempo vai se escoando pela(s) mão(s)
E eu vou beber
Dessa fonte, mergulhar no Rio do Amor...
Lá no fundo é uma paz...
É um silêncio no interior
Pra escrever meu livro.
No fim só vai contar..